• Milhares de Projetos de P&D ao mesmo tempo?
    Receba a nossa ferramenta exclusiva e gratuita para Gestão de Múltiplos Projetos de P&D!

    E mais: participe da comunidade privada de +2000 visionários de alimentos que recebe dicas e insights exclusivos. Sem spam. Só inovação.

COMO ESTIMULAR A SUA EMPRESA A SER MAIS INOVADORA?

A reclamação que eu mais recebo no Sra Inovadeira: a minha empresa não inova.

 

Visionários e visionárias, seres criativos e iluminados, fora da caixa, prontos para arrebentar o mercado de alimentos, frustrados por operações mastodônticas, decisões tomadas no infinito e além, erros fenomenais, perpetuados ad eternum, e aquele altar monumental à Deusa Ajudadora dos Novos Produtos, cheio de velas e oferendas.

(a Deusa é faminta.)

Você pode ver reflexos disso de alto a baixo no Brasil – e, no muro das lamentações de visionários, já apareceu, por exemplo, aqui, aqui e aqui. “Não inovar” parece medalha de honra ao mérito por estas bandas: todo mundo quer a sua no final da corrida…

A empresa não tem qualquer protagonismo no mercado, mas vamos colocar aqui essa medalhinha no peito porque ela gera empregos e ao menos sobrevive, não é?” (#sqn)

…razão pela qual o Sra Inovadeira foi criado.

Contudo, nos últimos tempos, tive oportunidades únicas.

A primeira, de participar do 15º Food Innovate Summit em Amsterdam, e ouvir em primeira mão os casos de inovação como a CuccinaBarilla, Véo, Foodpairing, Propercorn, Flavorwiki e outras mais que vêm por aí.

Essa oportunidade me disse que a inovação em alimentos é possível, tanto em start-ups quanto em baleias-azuis.

A segunda oportunidade, mais recente, foi participar de uma reunião de conselho de alimentos em uma Federação de Indústrias aqui no Brasil (sem citar nomes, but you do the math).

Somente diretores e donos de empresas de alimentos – fui com aquela expectativa. Finalmente vou poder ver em primeira mão aquilo de que os visionários tanto lamentam.

E o que eu escutei na tal reunião não foi nada promissor. Aparentemente, não inovamos no Brasil porque o governo não deixa. Empresas grandes não têm onde fazer testes. Nossas leis são mais restritivas do que de outros países. O Estado é muito grande e ineficiente e não deixa a indústria andar.

Enquanto as lágrimas rolavam pelo rosto, a Deusa Ajudadora dos Novos Produtos estendia um lenço àqueles pobres senhores grisalhos (em sua maioria). Eu fiquei perplexa e não consegui ficar calada – big mouth strikes again – quando um dos senhores falou que as pequenas empresas não conseguiam inovar.

 

“Pois então o senhor me diz que, ao contrário do resto do mundo, onde se discute porque as empresas param de inovar à medida que crescem, por aqui nem as pequenas inovam?

Que cultura conservadora que vivemos!”

 

E então eu entendi porque o Sra Inovadeira é o muro das lamentações.

Como disse Barry Calpino, o fator singular mais importante para que uma empresa seja inovadora é o apoio da liderança sênior. Não existe inovação sem este apoio.

Contudo, assim como você, sou uma visionária. Eu acredito no Lado Bom da Força e na capacidade que as pessoas têm de mudar o mundo ao seu redor. Eu acredito – mesmo – no poder da influência positiva, da persistência e resiliência.

Eu acredito é na rapaziada.

Eu acredito em você.

yoda, como estimular a suua empresa a ser mais inovadora, inovação, alimento, sra inovadeira, série, engenharia, pesquisa, desenvolvimento, comida, P&D, R&D, inovar, mudança, liderança, carreira

Eu sinto forte dentro de você Força

Você pode mudar este cenário, desde que acredite na Força também.

Aqui está o seu caminho, Pequeno Padawan.

 


 

A partir de hoje, entramos numa cruzada contra a estagnação do mercado de alimentos.

 

Eu quero que você seja o líder desta mudança na sua empresa, que seja o criador dessa nova realidade. Que coloque a barra mais alta para si mesmo e também para a organização em que trabalha. Eu quero que você acredite nos seus sonhos e saiba que eles são possíveis. Que acredite você tem a possibilidade de mudar este cenário, mesmo quando se sente podado o tempo inteiro.

Hoje estamos iniciando um projeto especial aqui no Sra Inovadeira: uma série em que vários especialistas e eu responderemos à pergunta:

 

Que ferramentas os visionários podem usar para estimularem suas empresas a serem mais inovadoras?

 

 

Teremos 15+ posts, em formato texto, vídeo e live, tratando de mudanças necessárias para a inovação acontecer, tanto na esfera pessoal, quanto na técnica. Teremos novos capítulos a cada quarta-feira.

O que já está programado:

  • Falando sobre Criatividade, Letícia Muniz dos Santos (a nossa professora do curso de Criatividade e Inovação em P&D e Qualidade!)
  • Falando sobre Estratégia de Inovação, Evódio Kaltenecker, pesquisador do Instituto de Mercados Emergentes, na Universidade de Cornell (entre outras “poucas” qualificações!)
  • Falando sobre Intraempreendedorismo, Igor Czermainski de Oliveira, da Semente Negócios (você já conheceu ele aqui)
  • Falando sobre Ferramentas para Inovação, a nossa super colunista Carin Gerhardt
  • Falando sobre todas as outras ferramentas, eu!

E mais algumas surpresas que vêm por aí… 😉

Nós vamos lhe ajudar nesta jornada, Pequeno Padawan. Mas quem dá o primeiro passo é você.

 

INSTRUÇÕES DE USO DA SÉRIE:

 

Coloque em prática:

A série foi pensada numa sequência lógica, para que você possa implementar as mudanças conforme for exercitando seus músculos de liderança e influência na empresa.

 

 

Portanto: leia o post, adapte para a sua realidade, e já o coloque em prática. É fundamental tirar este projeto do papel – a mera leitura dos posts não irá tornar a sua empresa mais inovadora (por mais velas que eu acenda à Deusa).

 

Forme um grupo de estudos:

Para tirar o projeto do papel, forme um grupo de estudos com diversos olhares. Faça um esforço para estender este projeto além do setor onde você trabalha, e convide à discussão os colegas da Qualidade, Produção, Vendas, Administrativo, Contabilidade, Engenharia, Manutenção.

Onde houver um visionário, há um novo ponto para esta rede de inovação.

Compartilhe este post com os rebeldes, os inconformados, os sonhadores, o que pensam grande, os que se sentem tolhidos, os que já cansaram.

Compartilhe este post para que vocês criem a primeira célula de inovação da empresa – você verá, durante a série, que esta será uma das ferramentas mais importantes na liderança deste processo.

Após ler o post da semana, façam uma sessão de discussão para adaptar as ferramentas propostas para a realidade de vocês. E, principalmente, executem. Tirem essas ferramentas do papel.

 

Acompanhe as mídias sociais da Sra Inovadeira:

Acompanhe o projeto também no Youtube, Instagram e Facebook , onde serão compartilhadas informações adicionais do projeto. Teremos lives no Facebook, vídeos no Youtube e exemplos de novos produtos no Instagram.

Nas diferentes mídias, nós veremos este assunto por vários ângulos – e você sabe que cada pessoa da sua equipe reage diferentemente a cada tipo de conteúdo. Abuse desta plataforma trans-mídia.

 

Agora é a sua vez: enquanto as turbinas esquentam aqui para o próximo post, é a hora de você formar a sua célula de inovação. Compartilhe este post com aqueles que formarão esta legião com você.

 

Para finalizar, quero saber das suas histórias, visionários: qual é o maior empecilho para a inovação na empresa em que você trabalha?

Até semana que vem

😉

 


ÍNDICE DE POSTS

(que vai sendo atualizado conforme a publicação das iniciativas)

Introdução e Modo de Uso

Iniciativa 1 – Estimule a (sua) Curiosidade (e ao redor de você)

Iniciativa 2 – Alimente a sua Criatividade

Iniciativa 3 – Dialogue com o Usuário da sua empresa

Iniciativa 4 – Diga menos Não

Iniciativa 5 – Seja um Intraempreendedor

Iniciativa 6 – Circule na Empresa (e fora dela) e encontre as mentes inovadoras

Iniciativa 7 – Engravide os Projetos antes de apresentá-los

Iniciativa 8 – Procure apoio interno na Liderança Sênior

Sobre Cristina Leonhardt

Eu quero que você alcance todo o potencial de inovação que existe dentro da sua empresa de alimentos. Se conseguirmos criar um produto diferenciado, não teremos mais consumidores. Teremos uma legião de fãs. Quer me conhecer melhor - pode me adicionar no Linkedin: www.linkedin.com/in/cristina-leonhardt/
Adicionar a favoritos link permanente.

Um Comentário

  1. Tatiana Conceição Sangalli

    Cristina. Neste dia em que o Moinho Sangalli está iniciando uma nova fase em sua trajetória. Inovando e compartilhando a construção da nova área comercial desta empresa de 68 anos de mercado, consigo ler tudo o que você escreveu e as palavras me encoraja a não desistir nunca. Muito obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Milhares de Projetos de P&D ao mesmo tempo?
    Receba a nossa ferramenta exclusiva e gratuita para Gestão de Múltiplos Projetos de P&D!

    E mais: participe da comunidade privada de +2000 visionários de alimentos que recebe dicas e insights exclusivos. Sem spam. Só inovação.