• Milhares de Projetos de P&D ao mesmo tempo?
    Receba a nossa ferramenta exclusiva e gratuita para Gestão de Múltiplos Projetos de P&D!

    E mais: participe da comunidade privada de +2000 visionários de alimentos que recebe dicas e insights exclusivos. Sem spam. Só inovação.

SRA INOVADEIRA RESPONDE: QUANDO TIRAR UM PRODUTO DE LINHA?

Hoje nossa pergunta vem de Goiás, onde o querido Walysson trabalha desenvolvendo produtos incríveis. Ele me pergunta:

Ao lançarmos um produto no mercado, existe algum método ou alguma forma em que podemos estimar o ciclo de vida deste produto?

Por exemplo, ao lançarmos no mercado, existe aquele “BUM”, aquele aumento de vendas.

No entanto, podemos ter oscilação no mercado, até o mesmo se tornar estável nas vendas.

Mas quando sei que será a hora de tirá-lo do mercado?

Sra Inovadeira Responde

Estamos de volta com as perguntas, visionários!

E esta aqui tem que ser a primeira, pois o Walysson me perguntou isso lá no final de outubro (eu sei, culpada!)

Vamos então à resposta. Mas antes, uma pequena introdução sobre o Ciclo de Vida de um Produto:

É uma das teorias do Marketing, lançada nos anos 50, que um produto tenha uma fase inicial de vendas, seguida de um crescimento exponencial, após um platô de maturidade e declínio. Para quem conhece biologia, esta teoria se baseia no crescimento microbiano – contudo, como um analogia, ela não é perfeita. No próprio artigo da Wikipedia podemos ver algumas limitações, como o fato de que é bem difícil definir em que estágio o produto está, ou que nem todos os produtos seguem uma curva tão perfeitamente visível.

Mesmo assim, é o Ciclo de Vida de um Produto é amplamente utilizado, e encontra ressonância em outro Ciclo que já vimos aqui no Sra Inovadeira: o ciclo de adoção de inovações. Ambos possuem formatos muito parecidos.

Entendendo isso, vamos à resposta.

Para quem pretende continuar se aprofundando neste assunto, eu recomendo:

  1. Este artigo da Inc, que explica cada estágio do Ciclo de Vida do Produto e os problemas com esta teoria.
  2. O artigo sobre Redução de Custos aqui do Sra Inovadeira, onde falamos sobre Margem de Contribuição.
  3. Este artigo, mostrando que nem todos os feedbacks positivos são bons: os autores identificaram consumidores que sempre compram (e gostam) de produtos que serão um fracasso de mercado. Só o fato de comprarem já prevê a falha posterior.
  4. Quem quiser montar um plano de saída para o produto pode acessar esta página, que traz um exemplo de estrutura para ele.
  5. E, para lidar com isso, um pouco de perspectiva. Todo mundo tem falhas, inclusive eu.

Como você sabe, aqui no Sra Inovadeira Responde a gente tira dúvidas técnicas – ou não técnicas – dos leitores, às sextas-feiras. Olha o que já saiu por aqui:

Sobre Cristina Leonhardt

Eu quero que você alcance todo o potencial de inovação que existe dentro da sua empresa de alimentos. Se conseguirmos criar um produto diferenciado, não teremos mais consumidores. Teremos uma legião de fãs. Quer me conhecer melhor - pode me adicionar no Linkedin: www.linkedin.com/in/cristina-leonhardt/
Adicionar a favoritos link permanente.

2 Comments

  1. Ola! Podem me passar o email da Carin Gerhardt?
    Obrigada e que venha muito sucesso para voces pois é inspirador os textos. Sou fã da sra inovadeira.
    Abraços
    Cristiane

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Milhares de Projetos de P&D ao mesmo tempo?
    Receba a nossa ferramenta exclusiva e gratuita para Gestão de Múltiplos Projetos de P&D!

    E mais: participe da comunidade privada de +2000 visionários de alimentos que recebe dicas e insights exclusivos. Sem spam. Só inovação.