• Milhares de Projetos de P&D ao mesmo tempo?
    Receba a nossa ferramenta exclusiva e gratuita para Gestão de Múltiplos Projetos de P&D!

    E mais: participe da comunidade privada de +2500 visionários de alimentos que recebe dicas e insights exclusivos. Sem spam. Só inovação.

A VELIVERY TRANSFORMOU UM SITE DE VEGETARIANISMO EM NEGÓCIO

Negócios criativos são sempre surpreendentes, mas tem aqueles encantadores e pelos que nos apaixonamos. A Velivery é um exemplo disso: nascida como uma spin-off de um site de vegetarianismo, a empresa tem o propósito de trazer conveniência para o consumidor vegetariano ou flexitariano.

Muitas vezes não temos noção de como algumas coisas simples são restritas para grupo. E aí uma nova ideia pode ser uma grande solução e fazer todo sentido para aquelas pessoas. Você conhece a expressão “nos maiores problemas é onde estão as melhores oportunidades”?

O Benhur e o Guilherme foram além, viram a necessidade do mercado e se aproximaram dos seus usuários e, nessa relação, nasceu a Velivery, uma plataforma que entende o que é ser vegetariano. A Velivery faz delivery de comida vegetariana, atendendo atualmente nas cidades de Porto Alegre, Rio de Janeiro e Fortaleza.

Com pioneirismo e um lindo propósito, esses jovens estão ajudando a construir uma nova relação com os alimentos e colocando sua marca no mundo.

Vamos ver como tem sido a experiência deles em fazer e acontecer?!?!


VELIVERY

velivery

Conte-nos um pouco sobre a história pessoal dos fundadores: quem são vocês e como chegaram aqui?

Benhur Antunes (27), formado em Design pela ESPM SUL e Guilherme Ebling (29), publicitário, formado também pela ESPM SUL, amigos de longa data e nascidos no interior do Rio Grande do Sul. Trabalharam por muito tempo no mercado publicitário e depois fizeram dupla criativa em um departamento de marketing do mercado segurador.

Após Benhur Antunes se tornar vegetariano, os amigos viram neste mercado uma oportunidade perfeita para empreender e usar todo o seu conhecimento adquirido na comunicação. Em busca de um estilo de vida mais saudável, enxergaram na dificuldade em encontrar opções para sua alimentação, um público ainda carente e com uma demanda latente por conteúdo, referências de locais, dicas e conhecimento sobre a causa. Assim em março de 2015, os jovens lançaram o portal de conteúdo www.souvegetariano.com.

 

Quando e como a empresa nasceu?

Depois de alguns meses trabalhando com o blog souvegetariano.com, os sócios estavam a procura de novas formas de rentabilizar o projeto e viram no mercado de delivery uma oportunidade de trabalhar um modelo de negócio, já validado em um nicho ainda não explorado, e com grande potencial de crescimento.

Foi então que desenhamos o site e com um valor de 5 mil reais viabilizamos a programação e lançamos em dezembro de 2015 o site www.velivery.com.br (9 meses após o lançamento do souvegetariano.com).

O projeto tinha a intenção de usar todo o know-how de público e linguagem adquirido no portal de conteúdo, para desta vez trabalhar em conversão de clientes e monetização para o crescimento dos negócios.

 

Qual o grande sonho e propósito da empresa?

Popularizar a culinária vegetariana e aproximar as pessoas de uma alimentação mais consciente e saudável.

velivery

Como é trabalhar com projetos inovadores disruptivos na prática? Que desafios e surpresas vocês encontraram no caminho?

É muito motivador ter uma empresa que pode se tornar referência em um mercado em ascensão, com possibilidade de desenvolver novos segmentos de produtos, criar novos diferenciais e explorar de uma maneira ampla todo o nicho já conquistado.

Os desafios de ser pioneiro em alguma atividade trazem de um lado o medo de errar e, por outro, uma vontade imensa de conquistar novos horizontes ainda não descobertos.

 

Por que vocês consideram que a sua solução é única no mercado em que atuam? O que fez vocês acreditarem nela e colocarem a empresa em prática?

Nossa solução não é exclusivamente única, mas trabalhamos para que a nossa linguagem e relacionamento que temos com parceiros e usuários se tornem um atributo tangível de mercado. Apesar de o Velivery proporcionar uma solução tecnológica, não acreditamos que o diferencial da operação seja a plataforma, e sim todo o know-how adquirido.

Sabemos que concorrentes sempre vão existir, mas por sermos pioneiros, acreditamos que com um trabalho sério, verdadeiro e de qualidade, vamos conseguir cada vez mais conectar o mercado, apresentar valor de marca e criar laços de afeto com todos os envolvidos.

Somos uma startup que conhece muito bem o nosso nicho e sabemos conversar com cada peculiaridade dele. O apoio de todas as pessoas que ouviram ou se relacionaram com o projeto fez com que tivéssemos certeza do sucesso e a motivação certa para continuar trabalhando. Além de claro, a nossa natural evolução pessoal e espiritual que a alimentação vegetariana proporcionou.

velivery

Qual é o conhecimento importante para o negócio que você não tinha antes de fundar a empresa? Como conseguiu trazer esta expertise para o negócio?

Não tínhamos conhecimento em Tecnologia.

O site souvegetariano.com e velivery.com.br foram construídos através de desenvolvedores freelancers. Nós criamos toda a parte de arquitetura, design e terceirizamos este serviço de programação. Atualmente contamos com um sócio desenvolvedor, que trabalhou na viabilização dos apps iOS e Android, e hoje cuida também de toda nossa infraestrutura de T.I

 

O capital para iniciar a startup foi próprio ou de investidores? 

Capital próprio, até agora.

 

De que forma vocês incluem o consumidor nos desenvolvimentos de novos produtos? Vocês trabalham com co-criação? Tem exemplos para citar de projetos em que o consumidor esteve envolvido?

Estamos a todo tempo atento a feedbacks que recebemos da plataforma. Por sermos uma startup ainda em crescimento, nem sempre conseguimos de uma maneira dinâmica solucionar todos os problemas ou melhorias sugeridas, mas temos toda a atenção de responder aos usuários e deixar este espaço aberto para o diálogo.

O público vegetariano é muito engajado e rotineiramente recebemos dicas e indicações de novos parceiros. Damos muito valor a este canal de relacionamento sincero com os nossos usuários, e principalmente preservar por um atendimento humano, transparente e verdadeiro.

O processo de co-criação será mais bem explorado assim que a empresa tiver mais recurso para poder levar a diante ideias inovadoras e não convencionais.

velivery

Inovar é um risco, empreender é um risco, o que fez você ter coragem em ir para o mercado com a sua solução?

No meu caso, mais do que ter uma empresa que visa o lucro, tenho uma empresa que visa um propósito. Propósito que se tornou primeiramente pessoal, e logo em seguida coletivo.

Acreditamos em um futuro com mais compaixão e em pessoas mais conectadas com a sua alimentação. Acreditamos em uma sociedade que irá descobrir através da alimentação um novo comportamento e relacionamento entre pessoas, animais e meio ambiente.

 

Quais são os seus principais aprendizados até agora?

  • Sempre estou na frente, descobrindo que estou atrás;
  • Não existe nada pronto, apenas em processo de melhoria;
  • Inicie! Não crie obstáculos para empreender, apenas comece;
  • Supere! Quando pensar em desistir é porque está quase lá;
  • Com o amor se vai muito mais longe.

 


 

 

Estamos mapeando a inovação de alimentos realizada por empreendedoras e empreendedores visionários no mundo todo. Negócios que buscam novas relações com a comida, com o usuário, com a natureza e com o dinheiro serão capazes de mudar também o que o público pensa da indústria de alimentos.

Tem um negócio criativo em alimentos que merece estar aqui? Nós queremos lhe conhecer! Entre em contato conosco.

Sobre Luciana Monteiro

"Acredito que podemos fazer melhor do que fazemos, quando colocamos as pessoas no foco de nosso desenvolvimento." Luciana é Engenheira de alimentos e Mestre em Tecnologia de Alimentos (com ênfase em Óleos e Gorduras), e tem mais de 10 anos de experiência na área aplicações e desenvolvimento de novos produtos. Já trabalhou nas categorias de gorduras, emulsificantes, aromas, confectionery, chocolates e recheios e passou (a trabalho ou estudo) por países como México, Estados Unidos, Itália, França, Alemanha e Índia.
Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Milhares de Projetos de P&D ao mesmo tempo?
    Receba a nossa ferramenta exclusiva e gratuita para Gestão de Múltiplos Projetos de P&D!

    E mais: participe da comunidade privada de +2500 visionários de alimentos que recebe dicas e insights exclusivos. Sem spam. Só inovação.