A LISTA DEFINITIVA: 261 TENDÊNCIAS EM ALIMENTOS EM 2020

Postado em 17/01/2020 por Cristina Leonhardt
Compartilhe

Chegou aquela tão amada época do ano, em que todos os atores (plausíveis e esdrúxulos) lançam suas apostas para o mercado de alimentos. Afinal, todo mundo come, não? Então TODO MUNDO tem direito a voto.
Enquanto isso é verdade (todo mundo tem direito a dizer o que espera do mercado de alimentos), é implausível que todos consigam de fato prever com precisão a movimentação deste setor. Por isso eu considero esta lista tão importante: sua leitura como fonte global de tendências pode ajudar a gerar insights de cruzamentos entre elas – e quer melhor forma de inovar do que enxergar o que mais ninguém enxergou ainda?
Então, vamos lá! A lista é longa: coletei 261 tendências em alimentos em 2020, para você guardar como referência e usar com cautela nos seus projetos de novos produtos.
(A cautela está nas listas passadas: 20172018 e 2019. Leia antes de prosseguir.)

 

CONSULTORIAS

A MINTEL lançou o relatório Global Food and Drink Trends 2030, que será apresentado no Horizonte 20 Food!

1) Mudança, incorporada
2) Dietas espertas
3) Colheitas high-tech

A TRENDWATCHING aposta em 5 tendências de consumo que devem afetar de uma forma ou outra todas as categorias:

4) Pressão verde
5) Avatares de marca
6) Design Metamórfico
7) O Burnout
8) Mídia civil

A consultoria de desenvolvimento de bebidas IMBIBE faz suas apostas:

9) Bem-estar holístico
10) Hiper-personalização
11) Bebidas híbridas
12) Bebida experiencial 2.0

Na INNOVA MARKETS, as tendências para 2020 são:

13) Storytelling: vencendo com palavras
14) A revolução plant-based
15) O domínio sustentável
16) A mordida correta
17) Entrando na textura
18) Reforma nos macronutrientes
19) Olá, híbridos
20) Nasce uma estrela
21) Coma bonito
22) Marcas sem limites

EMPRESAS DE INGREDIENTES

A MCCORMICK é uma das mais tradicionais e influentes empresas de ingredientes a fazer uma previsão de tendências – suas previsões remontam (no site) a 2013.

23) Com molho e picante
24) Refresce. Reabasteça. Rehidrate
25) Mexicana Vegana
26) A necessidade de sementes

A COMAX também tem suas preferências:

27) Snacks alimentados por plantas
28) Sem comprovação necessária
29) Influências asiáticas
30) Massa tão deliciosa

A EXBERRY by GNT indica que as cores do ano serão:

31) Tons de Água

IMPRENSA

A BBC GOOD FOOD sempre faz a sua própria compilação de tendências para alimentos:

32) Chocolate baixo em açúcar
33) Shoppings de comida
34) Local, sazonal 2.0
35) Compras sem embalagem
36) O ataque dos snacks de bar
37) O crescimento não interrompível dos alimentos à base de plantas
38) Munch-ester (em referência à Manchester, no Reino Unido)
39) Leite de ervilha
40) Alimentos congelados aquecendo
41) Japanorama
42) Intuição (de gut feeling)
43) Amor pelo Levante
44) Churrasco filipino escaldante
45) Sorvete de adulto (gimme)
46) Sanduíches estelares
47) Charcuterie do mar
48) Os ingredientes essenciais de 2020 (tahini preto, semente de fenogrego, inulina)
49) Sabor não desperdício
50) Whey para levar
51) CBD

O 31°(!) relatório do FOOD CHANNEL aponta que as tendências de alimentos para o ano são:

52) Atualização do CBD
53) Plant-based continua a crescer
54) O crescimento dos dados
55) Inovação guiada pelo consumidor
56) Descarte e sustentabilidade
57) Serviço ao consumidor
58) A nova sensibilidade
59) Opções
60) Sabores quentes: marshmallow, bordo, manga, caqui, gengibre e curry. Churros.
61) Comida espacial

A FOOD NETWORK do Canadá também tem apostas para 2020:

62) Substitutos do açúcar
63) Manteigas e pastas de sementes
64) Cozinha do Oeste da África
65) Eliminando as sobras de alimentos
66) Substitutos de farinha
67) Misturas de carne-planta
68) Quadros de charcuterie do mar
69) Repensando o menu infantil
70) Comendo plant-based (além da soja)
71) Coquetéis não-alcóolicos elevados
72) Alimentos e bebidas com infusão de CBD
73) Agricultura regenerativa

A equipe do FINE DINE LOVERS, site europeu que cobre assuntos da alta gastronomia, prediz que o mundo dos alimentos em 2020 será tomado por:

74) Fermentação 2.0
75) Low-al (como referência ao baixo teor alcóolico)
76) Farinhas de herança e ancestrais
77) Massa fresca
78) Cozinhas na nuvem
79) Agricultura regenerativa
80) Alimentos funcionais
81) Resíduos de alimentos

Continuando no mundo dos restaurantes, a lista da NATION’S RESTAURANT NEWS foi dividida em 3 categorias em 2020:

Tendências em alimentos e bebidas:

82) Hamburgueres de carne real serão “vendidos” como melhores para o planeta
83) Coquetéis reduzem o álcool
84) Plant-based 2.0
85) Batalha do sanduíche de frango
86) Leite da lua aterrissa
87) Asas alternativas decolam
88) Água fica funcional
89) O schnitzel entra no holofote

Tendências em operações

90) Reusáveis verão uma adoção mais abrangente
91) Lounges desfocam a linha entre a sala de estar e a de jantar
92) Os tamanhos de porção encolherão
93) Empregadores considerarão que o dinheiro de seus empregados importa

Tendências na tecnologia de restaurantes

94) Restaurantes flertarão com delivery nativo
95) Restaurantes sem endereço
96) Robôs de delivery aceleram
97) Machine learning e automação serão dominantes

A FOODBEV traz uma lista de 5 tendências para 2020:

98) Snacks saudáveis na fuga
99) Mudança no açúcar
100) Misturas flexitarianas
101) Hidratação dura (uma tendência muito interessante para o mercado de bebidas alcóolicas)
102) Odeio desperdiçar

Um dos sites de comidas que eu mais curto, o THE KITCHN, tem as seguintes previsões para 2020, com enfoque especial em quem cozinha:

103) Feijões, feijões, feijões
104) Nhoque de próximo nível
105) Embalagens amigáveis para a Terra
106) Guerras do delivery da mercearia
107) Central dos snacks keto
108) Mesas de grazing intermináveis
109) Abundância dos shrubs
110) Reinvenção da despensa
111) TUDO plant-based
112) Snacks vegetarianos

No Brasil, o MASSA MADRE BLOG traz uma visão muito interessante sobre as principais mudanças que devem impactar a gastronomia:

113) Alimentação restritiva (concordo plenamente)
114) O retorno ao clássico
115) Alimentos fermentados
116) Comer de pijama e pantufa
117) “Eu que fiz”
118) Rusticidade é a palavra
119) O menos é mais
120) A casa da vó (também concordo!)
121) Embalagens ecoconscientes
122) A dica de outro: empatia (principalmente em alimentos)

O site de viagens BIG 7 TRAVEL também traz a sua lista (para você ver que TODO mundo é um analista de futuros hoje em dia)

123) Vinho com glitter
124) Mais alternativas ao leite
125) Menus com mais alternativas diet
126) Kombucha se torna alimento básico
127) Cozinha que cruza culturas
128) Cozinha hiper-regional
129) Vinho orgânico
130) Coquetéis baseados em café (amo)
131) Hummus para sobremesa
132) Abundância de manteigas e pastas
133) Sofisticação dos menus infantis (ainda bem, pois estão afetando enormemente o paladar adulto)
134) Misturas com carne
135) Jantar de experiência
136) Sustentabilidade por toda a parte
137) Alta cozinha
138) Mocktails (que você já viu aqui)
139) CBD… em tudo (menos no Brasil, por enquanto)
140) Ube (e tchau, açaí)
141) Panquecas suflê
142) Superalimentos
143) Sobremesas monstruosas, chiques
144) Mais sorvetes veganos
145) Ainda mais couve-flor
146) Frango picante de Nashville
147) Destilados de grãos alternativos

O YELP, que no Brasil ainda não pegou, mas é fortíssimo nos EUA, analisou seu conjunto de dados para fazer a sua primeira lista de tendências de alimentos em 2020:

148) Café da manhã elevado
149) Mocktails, happy hours não alcóolicos
150) Drinks e pratos com infusões florais
151) Frango picante de Nashville
152) Ube é o novo matcha (oi de volta, açaí)
153) Troca saudável nas comidas de conforto
154) Kombucha alcóolica (amo e já temos no Brasil)
155) Pão de abacaxi
156) Sobremesas do próximo nível
157) Cozinha coreana

Novamente na nossa lista, vamos ver o que o PINTEREST tem a dizer quando analisa seu banco de dados (vale a pena ver a lista completa)

158) Raiz de chicória
159) Café da manhã de Kerala
160) Doces inspirados na Arábia
161) Microverdes indoor
162) Cozinha de baixo desperdício
163) Trocas por produtos mais verdes
164) Cozinha do Oeste Africano
165) Refeições macedônicas
166) Sobremesas filipinas
167) Sobremesas de aniversário inspiradas na Galáxia
168) Comida de bebê feita em casa
169) Suco de pepino
170) Fabricação de cerveja em casa
171) Estações de café em casa
172) Bolos para pets

Uma das principais vozes da comunidade vegana, o site LIVEKINDLY prediz que estas serão as 10 principais tendências em alimentos veganos para 2020:

173) Maior tendência em carne: “galinha” plant-based (aspas minhas)
174) Maior tendência em leite: aveia (novamente)
175) Maior tendência em fast-food: mais carne + queijo!
176) Maior tendência para observar: ovos veganos
177) Maior categoria vegana com buzz: queijo
178) Maior tendência em snacks: chocolate dairy-free
179) Maior tendência em sobremesas: padarias veganas
180) Maior tendência de cozinha vegana: cozinha francesa
181) Maior inovação: produtos baseados em feijões
182) Maior tendência em vegetais: o verde está de volta

Ainda no mercado vegano, podemos conhecer as apostas do PETA para 2020:

183) Inovações de sorvete
184) Embalagem eco-amigável
185) A onda de fast-food vegana
186) Jerky plant-based
187) Manteigas de sementes e nozes não usuais
188) Florescer da banana
189) Panquecas suflé japonesas
190) Refeições convenientes
191) Shrubs (vinagres de beber)
192) Lattes rubi

O editor chefe da REAL SIMPLE traz as suas apostas para 2020:

193) Carne alternativa 2.0
194) Comida de conforto vegana
195) Sobremesas filipinas
196) Tentativas comestíveis com CBD
197) O movimento mocktail
198) Menos açúcar adicionado (mas desta vez de verdade)

INDÚSTRIA DE ALIMENTOS

A UNILEVER FOOD SOLUTIONS da Austrália lista as tendências para menus de restaurantes em 2020:

199) Snacks espertos, pratos principais compartilhados
200) Alternativas plant-based
201) Dieta flexitariana com proteínas adicionadas
202) Brunch
203) Brilhante e ousado
204) O crescimento da sustentabilidade
205) Local de jantar diferente
206) Sol nascente

A BIDFOOD, atacadista britânico para o mercado de food service, aposta em um 2020 de:

207) Simplesmente global
208) Criativamente sustentável
209) Sabor talentoso
210) Além dos básicos
211) Alimente os sentidos

DELIVERY

O UBER EATS novamente nos mostra os alimentos que estão acelerando em pedidos (nos EUA):

212) Carambola
213) Tinta de lula
214) Colágeno
215) Reishi
216) Keto
217) Couve de Bruxelas
218) Faro
219) Harissa
220) Pho (amooo)
221) Caldo de osso
222) Hummus de grão de bico
223) Preparado a frio
224) Couve-flor
225) Udon
226) Repolho
227) Couve
228) Impossible Burger
229) Kimchi
230) Gengibre
231) Leite de aveia

SUPERMERCADOS

O WHOLE FOODS traz a sua deliciosa lista de 10 tendências para serem observadas e degustadas em 2020, com sugestões de produtos.

232) Agricultura regenerativa
233) O poder da farinha
234) Alimentos do Oeste Africano
235) Snacks fora da caixa, dentro do refrigerador
236) Plant-based, além da soja
237) Tudo em manteigas e pastas
238) Repensando o menu infantil
239) Açúcares não tão simples (quem sabe evitando a frutose?)
240) Misturas carne-plantas
241) Drinks sem álcool

O FRESH MARKETS também tem o que falar:

242) Inteligência do açúcar
243) Sementes: tão grandes quanto as nozes
244) Plant-based 2.0
245) Celebração sóbria
246) Transparência e sustentabilidade

ASSOCIAÇÕES

A SPECIALTY FOOD ASSOCIATION apresenta a sua lista de tendências no segmento de alimentos especiais:

247) Plantas como plantas
248) Desenvolvimento direcionado pela sustentabilidade
249) Condimentos fermentados
250) Alimentos prebióticos ganham consciência
251) A tendência de proteína toma um rumo inesperado
252) Coquetéis e Mocktails convenientes

O painel reconhece que ainda estão na moda:

253) CBD
254) Produtos livre de leite
255) Bebidas fermentadas
256) Cozinhas regionais da Ásia, Oeste da África e América Latina

A IFT traz sua predição de sabores do ano:

257) Florais
258) Terrosos
259) Picância complexa
260) Picante, azedo, ácido

Segundo a FIRMENICH, o sabor do ano é:


261) Blueberry Clássico
E desta vez eles nem escondem que a inspiração é mesmo a Pantone.


 

TENDÊNCIAS EXTRAS

Inovando, a FORTUNE traz uma lista de tendências de 2019 que espera continuar vendo em 2020:

1) Vovós no Youtube
2) Cozinha do Sri Lanka
3) Tacos birria
4) Coberturas de pizza não ortodoxas

Como as pessoas são do contra, as listas do que tem que ir embora se proliferam na internet!

Confira as 9 tendências ruins de alimentos que precisam se acalmar em 2020, segundo o HUFFPOST:

1) Gluten free quando você não precisa comer gluten-free
2) Torrada de abacate cara
3) A dieta Keto
4) Acreditar que carnes alternativas plant-based são perfeitas
5) Qualquer coisa unicórnio
6) Qualquer coisa salsão
7) Sucos caros
8) Jejum intermitente
9) Comida criada para o Instagram

E as 13 piores tendências de alimentos que o FINE DINE LOVERS espera deixar para trás em 2020:

10) Pote de açaí
11) Alimentos de arco-íris, unicórnio e sereias
12) Folha de ouro
13) Zoodles (massa de abobrinha)
14) Hamburguers de abacate (afe)
15) Freakshakes (afe²)
16) Burrito de sushi, pizza de sushi, tudo de sushi… (afeeeee³)
17) Comida com glitter
18) Café de brócoli (oi?)
19) Hummus de sobremesa (hahaha que é tendência acima)
20) Tempero de abóbora
21) Comida com carvão ativado
22) Comida clean (eita! Se fosse no Brasil, eu até já saberia quem está patrocinando o site)


A lista do Eater, que já copia a nossa pelo segundo ano, está aqui. 😋



Entramos em uma nova década cheia de incertezas para o mercado de alimentos. Enquanto tecnologias, como machine learning, e as redes sociais evoluem, a sociedade passa por profundas transformações. Surge o consumidor-ativista e os sensores portáteis escaneiam tudo o que a indústria queria esconder.
Já podemos ver hoje sinais deste futuro que começa a se desenhar.
Inovação + Tecnologia + Sociedade + Governo: quais questões devem marcar o mercado de alimentos na próxima década?
Tacta Food School fez uma análise do ambiente de inovação tecnológica, mudanças sociais e regulação brasileira e chegou a 11 questões que permearão este futuro – e você pode receber este ebook gratuitamente se inscrevendo aqui.

Compartilhe esse artigo. Vamos revolucionar o mercado de alimentos!

Juntos podemos causar um grande impacto através de pequenas ações: compartilhe e espalhe a mensagem.

Receba a planilha exclusiva e gratuita para Gestão de Projetos de P&D!

E mais: participe da comunidade privada de +4000 visionários de alimentos que recebe dicas e insights exclusivos.

Sem spam. Só inovação.

Uma resposta para “A LISTA DEFINITIVA: 261 TENDÊNCIAS EM ALIMENTOS EM 2020”

  1. Jean Pontara disse:

    Muito interessante!
    Parabéns pelo trabalho de compilação e montagem deste artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba a planilha exclusiva e gratuita para Gestão de Projetos de P&D!