• Milhares de Projetos de P&D ao mesmo tempo?
    Receba a nossa ferramenta exclusiva e gratuita para Gestão de Múltiplos Projetos de P&D!

    E mais: participe da comunidade privada de +2000 visionários de alimentos que recebe dicas e insights exclusivos. Sem spam. Só inovação.

SRA INOVADEIRA RESPONDE – QUAIS SÃO AS FUNÇÕES DE P&D?

Esta semana vamos responder a uma dúvida que chegou por e-mail, de uma colega que está iniciando as atividades em P&D de frigoríficos e – com certeza – está se espantando com a montanha de atividades que estão sendo alocadas dentro da sua área. Não é de se espantar: as funções de P&D variam muito conforme a empresa.

Quando começamos numa nova área, ainda temos a capacidade de observar tudo ao redor com olhos de novato (lembram do post sobre as competências pessoais para inovação?) e nos espantar ou alegrar com o que todos os demais consideram rotina. Então, a colega me pergunta:

QUAIS SÃO AS FUNÇÕES DE P&D EM UMA EMPRESA DE ALIMENTOS?

 

 

SRA INOVADEIRA RESPONDE

Que pergunta interessante, colega! Mesmo começando em P&D agora, você já está percebendo que as atividades realizadas pela Pesquisa e Desenvolvimento variam de acordo com a empresa – assim como a estrutura de P&D.

De fato, estas funções de P&D dependem de uma série de fatores, sendo os principais: o mercado em que a empresa atua e a aposta que a empresa faz de como vencer  neste mercado. No vídeo abaixo, vamos ver as 4 principais funções de P&D – será que você consegue se encaixar em alguma delas?

 

Para aprofundar esta questão, você pode ler este artigo sobre as melhores práticas em P&D em empresas ao redor do mundo (não apenas em alimentos). São apontadas 7 dimensões em que estas melhores práticas se expressam e se desdobram:

  1. Estratégia
  2. Pesquisa de Mercado
  3. Lançamento de Produtos
  4. Processos
  5. Cultura da Companhia
  6. Clima de P&D
  7. Métricas de P&D

Cabe a cada gestor de P&D e também à Alta Direção da empresa fazer uma reflexão a respeito de cada uma destas dimensões – e, conforme o caso, padronizar as práticas a serem usadas em procedimentos da companhia.

É muito comum que as empresas definam as entradas e as saídas de P&D, porém sem que o processo para obtenção de novos produtos seja definido.

É uma prática um tanto quanto perigosa. Alguns gestores podem pensar que, ao permitirem que cada pesquisador de P&D siga um processo pessoal e particular, estão aumentando a liberdade e, com isso, impulsionando a criatividade da equipe.

Contudo, os resultados são apontam nesta direção. Equipes que seguem processos minimamente definidos e com expectativas previamente estabelecidas tendem a ter saídas mais expressivas. Da mesma forma, o processo comum permite que os pesquisadores de P&D compartilhem resultados e trabalhem melhor em colaboração uns com os outros.

Portanto, fica aqui a minha recomendação, cara visionária: determine qual é a função principal de P&D na sua empresa. A partir disso, defina práticas a serem utilizadas em cada uma das dimensões acima (e, no artigo citado, há exemplos de melhores práticas de companhias globais).

E mais uma coisa: mantenha esse olha de novata! É o que irá lhe garantir a mentalidade de aprendizado que é tão importante para entender o nosso complexo mundo atual.

 

Como você sabe, aqui no Sra Inovadeira Responde a gente tira dúvidas técnicas –  ou não técnicas – dos leitores, às sextas-feiras. Olha o que já saiu por aqui:

 

Tem uma pergunta que gostaria de ver respondida aqui na página? Deixa ela aqui para mim nos comentários!

 

Não me admira que tenhamos tanta dificuldade em definir quais são as funções de P&D em alimentos. Uma pesquisa que fizemos no início de 2016 apontou que mais de 50% dos pesquisadores que trabalham hoje no setor nunca fizeram um curso de formação na área. É muita gente caindo de paraquedas em um dos setores mais importantes para o futuro das organizações.

Para impactar positivamente os colegas da área e trazer luz para este assunto, a Tacta Food School preparou o curso de Gestão e Organização de P&D. Da função que a organização pretende que o P&D cumpre, nós trabalhamos em sala de aula os desdobramentos em briefing, entregáveis, registros, processos e indicadores de P&D. Dois dias para quem quer tirar suas dúvidas, planejar melhor a sua P&D e sair de lá pronto para revolucionar o mercado!

Sobre Cristina Leonhardt

Eu quero que você alcance todo o potencial de inovação que existe dentro da sua empresa de alimentos. Se conseguirmos criar um produto diferenciado, não teremos mais consumidores. Teremos uma legião de fãs. Quer me conhecer melhor - pode me adicionar no Linkedin: www.linkedin.com/in/cristina-leonhardt/
Adicionar a favoritos link permanente.

Um Comentário

  1. Pingback:Como aumentar a chance de sucesso dos novos produtos – Fispal Tecnologia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Milhares de Projetos de P&D ao mesmo tempo?
    Receba a nossa ferramenta exclusiva e gratuita para Gestão de Múltiplos Projetos de P&D!

    E mais: participe da comunidade privada de +2000 visionários de alimentos que recebe dicas e insights exclusivos. Sem spam. Só inovação.