• Milhares de Projetos de P&D ao mesmo tempo?
    Receba a nossa ferramenta exclusiva e gratuita para Gestão de Múltiplos Projetos de P&D!

    E mais: participe da comunidade privada de +2000 visionários de alimentos que recebe dicas e insights exclusivos. Sem spam. Só inovação.

INICIATIVA 4 – DIGA MENOS NÃO

Nós iniciamos aqui uma série com o tema “Como Estimular a sua Empresa a ser mais Inovadora”. Serão 15+ posts, lives, webinars para trazer as visionários e visionárias as ferramentas necessárias para fazerem esta roda girar.

As instruções de uso desta série estão no primeiro post, que também traz a razão pela qual resolvi meter o pé na porta começar este esforço (dica: tem a ver com o Muro das Lamentações).

Forme a sua Célula de Inovação e venha conosco nesta jornada.

Nesta semana, uma iniciativa bem curtinha: tem como parar de dizer não a tudo de novo que vem pela frente?


INICIATIVA 4: DIGA MENOS NÃO

Uma das grandes críticas dos (poucos) empresários schumpeterianos que já encontrei a respeito dos técnicos de alimentos é que somos muito quadrados. como tornar a sua empresa mais inovadora

Vamos reconhecer, Pequeno Padawan, que você e eu recebemos treinamento Jedi de como matar projetos antes mesmo de termos testado.

É verdade: eu já fiz isso, você também.

Isso não funciona.

Isso não consegue registro.

Isso é proibido pela legislação.

Isso é impossível.

O produto inovador é apenas uma ideia e já tá lá o corpo estendido no chão. Nem uma chance de um teste minúsculo de bancada lhe demos.

via GIPHY

Vamos reconhecer, Pequeno Padawan. É verdade.

Esqueçamos a apontação de dedos e vamos ao que pode ser feito. Pare de dizer não. Você, engenheiro, técnico, tecnólogo, químico de alimentos (nutricionista, farmacêutico, biomédico, etc etc etc… você entendeu) veio ao mundo para fazer as coisas ACONTECEREM.

Para dar seus pulos.

Para colocar a cabeça para funcionar e descobrir um jeito de dar certo MESMO quando tudo aponta para que não seja possível.

Seja mais como um inventor e menos com um analista de laboratório dizendo “isso está conforme, isso não está conforme”.

Ações sugeridas para a sua Célula de Inovação nesta semana:

Vamos propor ações no nível pessoal para a Célula, pois estamos na Esfera Pessoal  e também porque a capacidade de dizer sim tem a ver com alguns paradigmas que carregamos bem arraigadamente na nossa cabeça.

  1. Proponho que vocês façam um exercício de grupo, chamado “E SE”. Comecem reconhecendo as últimas 3 propostas que vocês receberam que foram negadas. Pode ser em qualquer área: alguém lhe chamou para uma peça de teatro, você foi convidado para um happy hour, uma vendedora deu a ideia de um produto. Não importa muito o que foi proposta – estamos mais interessados no fato de que elas todas foram negadas. Cada participante anota para si as propostas e compartilha com o grupo apenas a alternativa.

Por exemplo:

Anotação: Não disse não para o happy hour da empresa esta semana (sério? 😮 )

Compartilhamento: E se eu eu for no happy hour, e sentar do lado do colega da Produção, e conseguir trazer o teste do Projeto de Bombom Recheado para a tarde (ao invés da madrugada)?

O exercício segue ao redor da mesa, reconhecendo qual seria a melhor consequência para o SIM, e qual a pior para o NÃO.

Quando vocês se depararem com um não poderoso, pensem: conseguimos conviver com esse não? De que forma podemos contorná-lo?

  1. Percebam que estar mais aberto é também estar mais vulnerável. A vulnerabilidade tem a ver com a tolerância ao risco – e ela ocorre melhor em ambientes líquidos e seguros. Debatam na Célula de que forma vocês poderiam contribuir para aumentar a sensação de segurança na sua empresa.
  2. Embarquem no Jogo do Sim, e aceitem os projetos da próxima semana. Sentem-se na semana que vem para discutir o que de tão maléfico aconteceu porque vossas senhorias foram abertas ao novo.

 

Como leitura adicional, eu deixo para vocês este artigo do Zen Habits e este da Forbes.

 


Agora é a sua vez, visionários e visionárias! Contem para mim: vocês se consideram “fazedores” ou “negadores”?

Contem para mim nos comentários.

E até semana que vem, quando teremos um convidado especial, Igor de Oliveira, falando sobre intraempreendedorismo!

😉

 

Sobre Cristina Leonhardt

Eu quero que você alcance todo o potencial de inovação que existe dentro da sua empresa de alimentos. Se conseguirmos criar um produto diferenciado, não teremos mais consumidores. Teremos uma legião de fãs. Quer me conhecer melhor - pode me adicionar no Linkedin: www.linkedin.com/in/cristina-leonhardt/
Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Milhares de Projetos de P&D ao mesmo tempo?
    Receba a nossa ferramenta exclusiva e gratuita para Gestão de Múltiplos Projetos de P&D!

    E mais: participe da comunidade privada de +2000 visionários de alimentos que recebe dicas e insights exclusivos. Sem spam. Só inovação.