• Milhares de Projetos de P&D ao mesmo tempo?
    Receba a nossa ferramenta exclusiva e gratuita para Gestão de Múltiplos Projetos de P&D!

    E mais: participe da comunidade privada de +2000 visionários de alimentos que recebe dicas e insights exclusivos. Sem spam. Só inovação.

APRENDIZADOS EM UM ANO DE SRA INOVADEIRA

No final de fevereiro, o Sra Inovadeira completou 1 ano. Apesar do nome e do manifesto terem sido criados na China, em setembro de 2015, durante o nosso sabático, o site somente veio ao ar no início de março de 2016, como conta este artigo. De lá para cá, que jornada tivemos, não é, visionários?

Foram 146 posts, 4 cursos de Inovação de Alimentos, 9 webinars, inúmeras palestras e incontáveis e-mails. O site me levou a Fortaleza, Salvador, Belo Horizonte, Jundiaí, São Paulo, Caxias do Sul, Rio de Janeiro, Encantado – algo completamente inesperado para quem estava escrevendo no corredor de um hostel em Xi’an.

A maior surpresa, contudo, foram as pessoas. Neste primeiro ano conheci gente muito especial, que participa o tempo todo das atividades aqui do canal: tenho que citar a Carin, que virou nossa colunista, a Luciana, nossa embaixadora de happy hours, a Edinéri, assídua perguntadora e frequentadora de webinars e cursos. Também temos a Gabriela, Mágnor, Simone (porta voz da região Sul 😉 ), Joice, Agnes, Walysson, Alissar, Mariana, Lais, Aline, Verônica, Maurício, Frederico, Carine, Nathaly e tantas outras pessoas queridas (que é melhor eu parar por risco de não citar alguém).

tendência, comida, tecnologia, P&D, alimentos, R&D, food, engenharia, ciência, pesquisa, desenvolvimento, oportunidade, sra inovadeira, inovação, curso, criatividade, gestão, organização, liderança, coach, cristina leonhardt

Foi um primeiro ano abarrotado de aprendizado e, para deixar registrado para anos futuros (o que será que vem pela frente?), pensei em escrever aqui os principais aprendizados deste período.

  • Existem duas classes de P&D no Brasil: os “paparicados” e os “isolados”. Depois de ter trabalhado tantos anos com ingredientes, onde a área de P&D é crucial para o negócio, foi um choque perceber que esta não é a verdade de toda a indústria de alimentos. Conversei com muita gente que está desmotivada após ser jogada de um lado para o outro, sem ter liderança adequada ou plano de crescimento, sem ser incentivada a se qualificar ou a ser mais criativa. Falta ainda muita empresa entender o que o P&D faz por ela, para ser usado da forma correta e com a devida relevância.
  • Tem muito time de P&D por aí que é mais um fazedor de tarefas do que um criador de novos produtos. Você pode explicar parte disso pelo perfil dos profissionais daquele time, mas esta não é uma explicação completa. Há pouco esforço corporativo para a inovação, e muito mais preocupação com o curto prazo dentro das empresas.
  • P&D é mesmo um mundo de mistérios. Quem não está na área, não entende bem como as coisas acontecem por ali. Quem chega na área, de modo geral, caiu de paraquedas. Os profissionais de P&D aprofundam as suas competências técnicas e tornam-se experts nos produtos com que trabalham – mas pouco fazem em relação à área em que trabalham. Poucas pessoas pensam em processo, e os indicadores de P&D empregados são escolhidos sem muito critério (e parecem possuir mais a missão de “ter um indicador para a área” do que de “ajudar a levar a empresa a um objetivo”).
  • A mensagem de abrir a caixa preta ainda incomoda muita gente, mas já tem adeptos. Os visionários, de modo geral, estão cansados de desenvolver produtos que enganam o consumidor, ou que usam de subterfúgios para esconder o que há na formulação. Todo mundo quer dormir à noite e já entendeu que ele mesmo é um consumidor – então se eu escondo a verdade na minha empresa, alguém esconde a verdade de mim na sua.
  • Ingredientes é um grande mistério – muito maior do que eu já imaginava. Na formação dos profissionais de P&D há pouquíssima informação sobre o uso de ingredientes em alimentos, e todo o aprendizado posterior depende de fornecedores. É muito difícil encontrar uma pessoa de P&D de produto acabado que se sinta segura em relação aos ingredientes que usa (e, é claro, os visionários podem imaginar os impactos negativos deste gap de conhecimento).
  • O mundo se divide entre quem confia e quem não confia. A confiança é a base do crescimento e da inovação – através dela é que estimulamos que as pessoas se arrisquem em projetos mais ousados e criem novos cenários inovadores para os mercados onde atuam. Os desconfiados, por outro lado, ficam presos nas suas manias de perseguição e progridem muito lentamente (e dificilmente inovam).
  • Você pode ir longe sozinho, mas vai muito mais rápido com parceiros. Este ano foi marcante também pela decisão de empreender com meu querido sócio Dafné, da Alimentus Consultoria: em novembro, fundamos a Tacta Food School. Para a criação dos serviços da empresa, empregamos as recomendações aqui do Sra Inovadeira – entrevistas com os usuários, geração de insights, busca por soluções inovadoras e empáticas (a gente tem que fazer o que prega, não?). E o resultado? Restam apenas 8 vagas para a Formação em Gestão de P&D e 9 para a Formação em Gestão da Qualidade. Estamos muito felizes com a turma de visionários e guardiões de alimentos que está se unindo em ambas as Formações, mal posso imaginar as inovações que irão surgir em ambas!
  • Há diversas direções de carreira além das oferecidas pelas corporações, e é refrescante saber que existe um mundo imenso para quem pensa a sua vida fora da caixinha. Hoje, meu trabalho é direto com os profissionais e me dá uma sensação imensa de realização, por poder contribuir com o crescimento dos visionários (nem que seja uma pequena pontinha de contribuição).

Do ponto de vista pessoal, este foi sem dúvida o melhor ano da minha vida, e o mais gratificante. Nunca, nem nos meus mais ambiciosos sonhos, eu poderia imaginar que, ao colocar meus pensamentos, ideias e experiências na internet, chegaria a movimentar a rede de visionários que somos hoje.

Foram mais de 38 mil visitantes neste primeiro ano, que acessaram mais de 91 mil páginas no aqui site. Somos 1700 visionários-assinantes em rede, com cerca de 2100 pessoas se relacionando comigo no Linkedin e 2500 com a página do Facebook.

Para cada um de vocês que respondeu e-mails, mandou perguntas, fez comentários, participou dos cursos, compartilhou os posts: um grande “obrigada”. Um IMENSO “obrigada”. E obrigada no sentido mesmo da palavra – eu me sinto obrigada a continuar retribuindo tanto carinho que recebo todos os dias de vocês. Vem muito mais por aí: posts, entrevistas, cursos, palestras, webinars. Cursos online (quem sabe? 😉 ).

Porque talvez o maior aprendizado deste ano tenha sido esse: o limite está em nós. O Brasil não inova porque nós não nos arriscamos. As empresas não inovam porque nós não nos arriscamos. Nós não progredimos porque nós não nos arriscamos.

Então, para este novo ano aqui no Sra Inovadeira, o desejo é me jogar. Mergulhar fundo nesse poço de risco e sair do lado de lá completamente diferente do que entrei.

E levar você junto comigo, visionária e visionário! <3

 


Esta semana continuamos na saga de webinars gratuitos! Se você tem dúvidas sobre a rotulagem de lactose, marque na agenda: é dia 09/03, às 19h30 (horário de Brasília), neste link. Aproveita e compartilha esta informação com a sua rede – deve ter mais gente em dúvidas com a nova legislação, não é?

Sobre Cristina Leonhardt

Eu quero que você alcance todo o potencial de inovação que existe dentro da sua empresa de alimentos. Se conseguirmos criar um produto diferenciado, não teremos mais consumidores. Teremos uma legião de fãs. Quer me conhecer melhor - pode me adicionar no Linkedin: www.linkedin.com/in/cristina-leonhardt/
Adicionar a favoritos link permanente.

4 Comments

  1. Oi Chris Parabéns pelo 1 ano de site. Eu o Amo. Leio tudo. Não sou de ficar comentando, mas vivo recomendando.
    Super beijo.
    Filó

  2. Ahhh que delicia de texto!!! Muito bom ver um projeto nada ambicioso crescer e render bons frutos! Fico feliz que tenha sido o melhor ano da sua vida mas espero q seja pior que os anos q vem por ai! Se precisar de algo conta comigo (do mundo dos ingredientes). Bjs!!!

    • Cristina Leonhardt

      querida Mari, obrigada pelas suas palavras 😉 é muito bom saber que profissionais tão especiais e competentes como você acompanham o site. E pode deixar que vou lhe acionar sempre! \o/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Milhares de Projetos de P&D ao mesmo tempo?
    Receba a nossa ferramenta exclusiva e gratuita para Gestão de Múltiplos Projetos de P&D!

    E mais: participe da comunidade privada de +2000 visionários de alimentos que recebe dicas e insights exclusivos. Sem spam. Só inovação.